mobile-menu mobile-menu-arrow Menu
 

Joao Bethencourt

(Budapest, 10 dicembre 1924 — Rio de Janeiro, 31 dicembre 2006) è stato un drammaturgo, regista e attore ungherese, giunto in Brasile all’età di dieci anni, nel 1934.

Il suo O Dia em Que Raptaram o Papa è il testo brasiliano più rappresentato all’estero, messo in scena in ben 42 paesi, ed ha ricevuto addirittura buone critiche da parte dell’Osservatore Romano, organo ufficiale del Vaticano.

Tra le sue Commedie:

1949- Os Coerentes

1957- Jogo de Crianças

1961- O Tesouro de Pedro Malazarte

1964- Mister Sexo

1965- Como Matar um Playboy

1966- Papai Noel e os Dois Ladrões

1969- Frank Sinatra 4815

1970- Onde Não Houver Inimigo Urge Criar Um

1971- Fica Combinado Assim

1972- O Dia em que Raptaram o Papa

1973- Freud Explica, Explica

1974- A Venerável Madame Goneau

1975- A Feira do Adultério

1975- Bonifácio Bilhões

1976- A Cinderela do Petróleo

1977- Sodoma e Gomorra

1978- Sodoma, o Último a Sair Apague a Luz

1979- Tem Um Psicanalista na Nossa Cama

1980- O Senhor É Quem?

1983- O Dia em que Alfredo Virou a Mão

1984- Brejnev Janta Seu Alfaiate

1987- O Padre Assaltante

1989- Sigilo Bancário

1992- Astro por Um Dia

1993- O Último Mambo

1995- Papo de Anjo

1998- O Santo e o Bicheiro

2008- Circuncisão em Nova Yorque